sexta-feira, 26 de setembro de 2008

3 dia. Palmas a Marabá (Início da Transamazonica)

TO 080. Essa ponte tem oito quilometros

Aguiarnápolis. Depois de meses de preparaçao a cidade que era apenas um ponto no mapa está a minha frente. Ali começa a Transamazonica
Palacio do Araguaia


Restaurante flutuante em Marabá

Saída de Palmas. A rodovia em direcao a Miranorte segue o tempo por locais assim.

Novas oportunidades. Soprar carro. Alguem se habilita?


Queimadas. Terrível!


Balsa sobre o Rio Tocantins. Saindo de Palmas para Miranorte na Belem Brasilia
Passando o Rio Araguaia junto com pneus para as máquinas de Carajas

Inicio da Transamazonica

Barzinhos muito animados.

Marabá. Bela cidade. Parece cidade do litoral. Acho que é a proximidade com o rio

Saio de Taquaral próximo a Palmas onde fiquei na noite anterior. Faço uma uma breve volta por Palmas, cidade muito bem organizada e planejada. Passagem pelo Palácio do Araguaia, sede do Governo de Tocantins e conheço a TO 080 que sai de Palmas em direção a BR 153. Ali a rodovia segue sobre uma ponte com oito quilômetros, muito bonita.

Saindo de Palmas pego outra rodovia que acaba me levando a travessia do Rio Tocantins (Foto da balsa) e dali até Miranorte já a margem da BR 153.
Entrando na Belém Brasília uma chuva torrencial me acompanha por um bom tempo.
Em determinado momento a chuva ficou tão forte que acabei parando num posto para aliviar um pouco. Os pingos batiam na capa de chuva e doíam na pele.

Já passava das 15:00 horas quando chego a Aguiarnápolis. Ali começou a Transamazônica.
Entro na Rodovia lentamente e começo a sentir a realização do sonho. Após meses de preparação começava a travessia da Transamazônica. Com o MP3 ligado fui ganhando os primeiros quilômetros numa paz sem igual. Sozinho na Rodovia passando quilometro a quilometro, os pés pra frente na pedaleira, as costas encostadas na bagagem segui lentamente em direção a balsa do Rio Araguaia e dali até a Marabá.
Já estava acontecendo.




Um comentário:

The Big Rider: born free,drive fast & die hard!!! disse...

E aí Vantuir,como vai esse "passeio" pela Transamazônica ?? As fotos estão show de bola. Essa foto da queimada realmente deixa a gente indignado, né não ? E esse restaurante flutuante, é legal ? A pessoa come , já enjoa ali mesmo - por causa do balanço do barco - e vomita ?? Tipo "um paraíso para modelos anoréxicas e bulímicas" ?...hahaahahhh
Abs e se cuida aí, valeu?
F.