segunda-feira, 1 de setembro de 2008

O roteiro da Rodovia


O projeto original da BR 230 previa a saída de duas rodovias de Recife (Pe) e de Cabedelo, proximo a João Pessoa (Pb). As duas vias se encontrariam na cidade de Picos ainda na Paraíba e a partir dali seguiriam por rodovias já existentes na região em direcao a Aguiarnópolis,na época pertencente ao estreito de Goiás hoje no estado do Tocantins.
Do estreito de Goiás a estrada seguiria para Marabá no Pará, descendo em direção a Humaitá, seguindo para Lábrea e dali a Benjamim Constant já na divisa com o Peru.
Na prática foi bem diferente. O inicio da Rodovia está na cidade de Aguiarnópolis no Tocantins cidade vizinha a Estreito no Maranhão onde muitos dizem que a estrada nasce. Lá começou a ser aberta a estrada propriamente dita e acabou sendo precariamente construído somente até lábrea. Este trecho possui 2.490 quilometros apenas, pouco mais de um quarto dos 8.100 quilometros propostos
A viagem será feita para conhecer a BR 230 e suas historias, lendas e personagens. O caminho escolhido foi o caminho da real construção da estrada, onde a floresta foi aberta e a “rodovia” foi construída

5 comentários:

The Big Rider: born free,drive fast & die hard!!! disse...

Vantuir,
belíssimo roteiro.
Será uma aventura e tanto.
Boa sorte.
Felipe

Marcos disse...

Roteiro bonito né !!! eu sempre quis fazer um roteiro destes !!! boa viagem meu amiiigoooo !!! ass: Zeca Pimenteira .
hahahahahahahaha

Odivan disse...

Viagem rica em ilustrações e detalhes. Um lembrete: Picos é um município fica no estado do Piauí.

onibus-buss-busologos disse...

olá...estava pequizando no google..sobre a transamazonica...e entrei..em seu blog...ameiiiii....tudo as ftos..a edição dele..o roteiro de sua viagem...sou de rondonia..região norte...amo a amazonia..amo meu estado rondonia...devendo o desmatamento da floresta amazonica através de dois orkuts e blogs...se possivele entre em contado com migo pelo meu email...abrss de lucilene barros

jose mattos disse...

A rodovia nao inicia na cidade de cabedelo? Parabéns pela aventura